• Marketing digital

Como se preparar para a Black Friday

Telma Paiva 10.09.21 Classificação Excelente Bom Satisfatório Insatisfatório Sem utilidade

Esta a chegar a tão esperada semana do ano! Faltam cerca de dois meses para a Black Friday e a Cyber Monday. Os seus clientes já estão em contagem decrescente. Já começou a preparar a sua loja online?

Precisa de ajuda? Neste artigo apresentamos algumas questões com dicas e sugestões para guiar nesta fase de preparação e planeamento.

Questões a considerar no planeamento da Black Friday:

Quais são os seus objectivos?

Oferecer descontos e vender é um objectivo comum, no entanto, o que é que pretende atingir especificamente.

Escoar stock? Nesse sentido, aposte na estratégia oferta de um determinado produto na compra do produto X. Outra sugestão, poderá oferecer os portes numa acima de um determinado valor, conduzindo o cliente a adicionar mais artigos no carrinho.

Esta semana, pode ser uma oportunidade única para se reconectar com os clientes anteriores; oferecer descontos exclusivos aos melhores clientes. Aposte em campanhas de email marketing  para divulgar a chegada dessa semana e comunicar oportunidades de descontos.

Qual o desconto a oferecer?

Apesar de ser uma semana de oferta de descontos “loucos”, nem tudo precisa de estar em desconto. Aposte nos artigos que mais popularidade/procura poderão ter.

Uma dica, pesquise quais os artigos que mais se vendaram no ano passado e veja se a sua loja está dentro dessas categorias.

Mas e se o seu negócio não for venda de artigos? Seja criativo! Tudo é fácil de ser adaptado. Podem criar uma oportunidade única, ofereça um serviço complementar ou crie packs de serviços a um preço convidativo.

Se toda a gente estiver a fazer descontos, como consigo ter tráfego nessa semana?

A resposta é simples! Antecipe-se… Comece a criar a necessidade de visitar a sua loja nessa semana.

Divulgue nas redes sociais eventuais oportunidades que poderão ser adquiridas nessa semana. Por exemplo, descontos desde 70% em artigos informáticos. Grandes marcas já criam a oportunidade de o cliente fazer login na loja e guarda nos favoritos os artigos que pretenda comprar. Contribuindo para uma melhor experiência, ou seja, o cliente com calma já escolhe os artigos que deseja e no dia é só ver se estão em promoção e num clique adquirir esses artigos.

Para não falar, que poderá incentivar à subscrição de newsletter especifica para saber exclusivamente as novidades e promoções dessa semana. 

Uma nota, faça testes e garanta que nada falhe. Lembre-se que nestas alturas há uma maior afluência de visitas, a sua loja online está preparada? Como está a preparada a nível de segurança? Tenha muito em consideração estes pontos.

Um site que não transmita segurança e que demore muito tempo a carregar a informação, não só leva o consumidor a querer desistir como a ter receio que não seja seguro efectuar uma compra. Sugerimos a leitura deste artigo As formas de pagamento mais seguras para o seu negócio 

Já testou o processo de compra da sua loja online?

Simplifique o processo de comprar. Sabia que o processo de compra é um dos factores que levam os consumidores a concluir uma compra online? Teste a sua loja como se fosse um cliente e veja quais a melhorias a implementar para garantir a melhor experiência.

Qual o investimento necessário em publicidade online?

Esta é a questão mais frequente dos nossos clientes e certamente a sua. Alguns estudos indicam que a percentagem média de investimento das empresas é de cerca de 15% sobre o valor da receita.

Não existe uma percentagem ideal, uma vez que valor por cliente varia sempre e é muito influenciado pela quantidade de empresas que procuram cliques na mesma área de negócio, ou seja, a sua concorrência também investe online. Muito do retorno é fruto de um conjunto de vários factores como: a monitorização da campanha e optimização SEO da loja online, verifique um artigo onde falamos sobre essa importância aqui 

A nossa sugestão é pensar nos objectivos que se pretende alcançar. Outra forma de prever um valor de investimento é através do calculo do ticket médio de venda e LTV (Life Time Value) para encontrar o custo médio de aquisição (CPA).

Ticket médio – custos – margem = CPA Máximo para Clientes Atuais

LTV – custos – margem = CPA Máximo para Aquisição de Novos Clientes

Partilhamos um exemplo: O valor médio de venda por cliente é de 100€. Se estima que esse cliente faça em média 3 compras por ano, um total de 300€ - LTV (Life Time Value). A partir deste valor, tire os seus custos variáveis e a margem de negócio pretendida (para pagar os custos fixos e gerar lucro para a empresa) e fica com o seu objectivo de CPA de aquisição de novo cliente definido.

 

Gostava de ver esclarecida alguma das suas dúvidas? Não perca mais tempo, fale connosco. A Livetech possui uma equipa de profissionais que poderão ajudar a alavancar o seu negócio. E juntos alcançaremos as metas definidas.

Tem um projecto para nós? Vamos falar sobre isso!
Pedir Orçamento Damos resposta rápida e sem compromisso
Pelo telefone? +351 913 447 690 Diana Cunha
We use cookies to provide you with a better service. Carry on browsing if you're happy with this, or view our Privacy & Cookie Policy