• Marketing digital

Marketing: estratégias de conversão para e-commerce

08.11.16

As estratégias de marketing são relevantes para uma empresa quando gera resultados que ajudam no crescimento do negócio num todo.

Valor e qualidade são as metas que muitas empresas lutam para manter e melhorar. Com o objectivo de aumentar os potenciais clientes e fidelizar clientes já existentes.  Ter objectivos bem definidos e um bom plano e é essencial para que as estratégias de marketing consigam alcançar resultados relevantes a médio e longo prazo.

A ideia principal do artigo de hoje é ajudar as empresas a aumentar a conversão da sua loja online alcançando os objectivos mais básicos de conversão que estão para além da venda utilizando estratégias de marketing.

Ainda não conhece as estratégias de conversão?  Então, vamos explicar-lhe.

Elas são criadas para converter o maior número de potenciais visitantes em visitantes reais e posteriormente em oportunidades, clientes e clientes fidelizados. O seu principal objectivo é aumentar as acções realizadas numa loja online.

Qualquer acção pode ser considerada numa conversão no universo do marketing digital.  As conversões podem ser consideradas directas ou indirectas. Mas, afinal qual a diferença?

Uma conversão directa é considerada uma venda de um produto, por exemplo, a empresa recebe de imediato um valor pela acção que aquela pessoa acabou de realizar dentro da sua loja online.

Uma conversão indirecta podem ser consideradas todas as acções realizadas dentro de uma loja online que não aumentam as vendas de imediato mas que tem um impacto enorme nas vendas a  médio e longo prazo.  A subscrição de uma newsletter, um pedido de informação sobre um produto, o download de um ebook, entre outros, são exemplos de acções realizadas por visitantes que não geram um reembolso de imediato ou seja uma venda.

Hoje vamos apresentar-lhe estratégias que ajudam aumentar essas conversões indirectas que são fundamentais a longo prazo para a sobrevivência e sustentabilidade da sua loja online.

Quando falamos de conversão obrigatoriamente falamos na jornada de compra online, existem três fases que não podem ser ignoradas quando falamos em aumentar a taxa de conversão de uma loja online.

A taxa de conversão é o número de acções a dividir pelo número de visitantes da loja online.

É considerado um dos kpi (indicadores de desempenho) mais relevante para o crescimento do negócio e por isso as empresas devem de o acompanhar com alguma frequência. Quando falamos de conversão directas, calcular a taxa de conversão é simples, basta dividir o número de pedido encomendas pelo número de visitantes, mas quando falamos de taxa de conversão indirectas às vezes pode ser mais complicado de realizar estas análises, visto que os objectivos a médio e longo prazo exigem outros kpis para garantir o sucesso das conversões indirectas.

Agora que já percebeu o que são conversões indirectas vamos falar das principais estratégias de conversão que vão para além das vendas:

Landing Pages

No caso do e-commerce, as landing pages revelam-se uma excelente ferramenta de apoio às estratégias de conversão de marketing. Elas podem ser utilizadas de uma forma especial para incentivar o seu consumidor a converter. Os call to action devem estar orientados para a acção, conseguindo captar atenção dos visitantes.

No e-commerce podemos criar landing pages destinadas a entregar conteúdo de valor ou utilizá-las para promover uma campanha ou promoção de um produto realizada num determinado período de tempo ou até mesmo para lançar um novo produto. De certeza que a sua taxa de conversão vai aumentar. Vamos dar-lhe um exemplo, pode criar uma landing page em que o consumidor só consegue visualizar o preço de um produto após realizar uma conversão ou seja só depois de ceder alguns dos seus dados, como email e contacto telefónico.

Formulários

Uma boa forma de aumentar a converter é entregar uma oferta irresistível para os visitantes que estão prestes abandonar a sua loja online, com 10% de desconto em todos os produtos por exemplo.

E mais uma vez, o consumidor para conseguir o desconto tem de converter. A mensagem ou seja o formulário só aparece quando  o visitante visita um determinado número de páginas seguidas relacionadas com um determinado produto. O formulário deve ser objectivo, simples e a comunicação em termos de design deve ser coerente com o seu público-alvo.

Promoções por tempo limitado

Já ninguém tem dúvidas de que as promoções bem planeadas tem bons resultados. Mas quando lhe incluímos um período de tempo, as reacções do consumidor tendem a ser mais imediatas. E por que? Bem, digamos que estamos a mexer no sentimento de urgência.

Quando queremos aproveitar uma campanha de um produto que já sentimos necessidade de adquirir, o facto de a promoção ter um timeline curto, despoleta no utilizador uma responda de imediato ao impulso que lhe oferecemos. Com estas pequenas promoções estamos a oferecer mais um incentivo extra na nossa loja online para ele efectuar uma compra.

Atenção, com o tipo de promoções que realiza, não seja exagerado. O consumidor tem tendência a desconfiar da oferta quando ela lhe parece boa demais para ser verdade.

Remarketing

No artigo: o que é o remarketing? E quais as suas vantagens, explicamos de uma forma simples a importância desta estratégia de conversão na sua empresa. Nas lojas online esta estratégia consegue gerar excelentes resultados dando às empresas a possibilidade de aumentar as vendas de imediato.

De uma forma resumida, vamos voltar a relembrá-lo de como funciona essa estratégia: é  implementado um código na sua loja online que marca o visitante.  Através dessa marcação realizada pelo código conseguimos realizar anúncios que serão exibidos com alguma frequência apenas a essa lista de visitantes dos últimos 30 dias por exemplo.

O remarketing não acontece por acaso, são anúncios programados e planeados para conseguir alcançar determinados objectivos num determinado período de tempo. É normalmente utilizado para os abandonos de carrinhos das lojas online, fazendo com que o visitante ou utilizador regresse a loja para concluir a sua intenção de compra demonstrada inicialmente. Esses anúncios podem mostrar produtos relacionados com as suas necessidades iniciais.

Experiência do utilizador

Para que as estratégias anteriores sejam eficientes é necessário proporcionar uma boa experiência ao utilizador ou seja ao visitante.

Podemos definir experiência do utilizador como o conjunto de emoções que o utilizador irá sentir quando estiver a utilizar a loja online da nossa marca.

Vamos dar-lhe alguns conselhos básicos que o ajudam a melhorar a experiência das lojas online:

1- Tenha um design simples

Quanto mais complexo for o design maior a probabilidade de as pessoas se perderem na sua loja online.

2-  Informações bem distribuídas facilitam a navegação.

A usabilidade das lojas online são de extrema importância, quando o utilizador não percebe como tudo funciona desiste e procura noutro lugar. Facilite a navegação de quem o visita.

3 - Os produtos devem ser apresentados de uma forma clara e objectiva.

4 - Loja online responsive

Além de um carregamento rápido a loja online tem de estar adaptada aos diferentes dispositivos tecnológicos. Ainda é complicado conseguir perceber em tempo real qual o dispositivo que o utilizador está a  utilizar para fazerem as suas compras online e é por isso que se torna fundamental que garanta que a sua loja online funciona em qualquer dispositivo e browser.

Toda a comunicação da loja online deve ser coerente com a sua marca de forma a transmitir confiança e segurança a quem deseja comprar os seus produtos online.

O comércio online cresceu consideravelmente nos últimos anos. A competitividade está cada vez mais intensiva e a única forma de garantir que a sua empresa vai gerar os resultados que pretende para sobressair num mercado cada vez mais competitivo é através da realização de um bom plano de marketing com as etapas de implementação bem definidas.

Conhecer o seu público-alvo é essencial. Essa é a única forma de fornecer o conteúdo certo no contexto certo para aumentar as oportunidades de venda. Se ainda não conhece o seu público-alvo pode consultar o nosso artigo (Aqui). Irá encontrar informações que o vão ajudar a definir o seu público e a perceber a sua importância no marketing digital.

Conhecer o seu mercado também o vai ajudar a criar um plano de palavras-chaves que estejam em sintonia com o seu público-alvo e com os problemas de pesquisas e perceba qual a linguagem utilizada por ele.

Certifique-se que está a criar conteúdo para as diferentes etapas do processo de compra e aumente as conversões directas e indirectas da sua loja online. Boas conversões. Caso, tenha ficado com alguma dúvida pode enviar um email para blog@livetech.pt esclarecer as suas dúvidas com um consultor de marketing

Tem um projecto para nós? Vamos falar sobre isso!
Agendar Reunião Damos resposta rápida e sem compromisso
Pelo telefone? +351 911 004 783 Bruno Oliveira
We use cookies to provide you with a better service. Carry on browsing if you're happy with this, or view our Privacy & Cookie Policy