E-commerce continua em ascensão no segundo trimestre

01.07.14

A Associação do Comércio Electrónico e da Publicidade Interactiva, a ACEPI, divulgou os resultados do Barómetro Trimestral ACEPI/Netsonda “Comércio Electrónica em Portugal” no que se refere ao segundo trimestre de 2013 e no quais se destacam o crescimento significativo das vendas realizadas pelas lojas online, quer do número de clientes angariados.

Quase três quartos, concretamente 72%, dos sites portugueses de comércio electrónico aumentaram as suas vendas ao longo do segundo trimestre deste ano relativamente ao ano anterior e mais de um quinto, 22%, esperava manter o volume de vendas no terceiro trimestre. Destaca-se também que 65% dos sites inquiridos registaram um aumento do número de clientes, e destes 27% viram o número de cientes crescer acima de dois pontos percentuais.

Estes resultados reforçam as perspectivas de crescimento do comércio electrónico em Portugal ao longo deste ano. Contudo, o indicador pode ter uma leitura positiva e outra negativa embora a ACEPI opta por uma visão mais favorável: “as perspectivas de manutenção de crescimento e o incremento das vendas para fora de Portugal”, destaca Alexandre Nilo Fonseca.

O Barómetro revela ainda que 14% dos sites inquiridos registaram um volume de vendas superior a 1 milhão de euros; 22% dos sites têm a expectativa de manter o volume de vendas nos próximos meses e que 91% dos sites inquiridos aumentou ou manteve o volume de investimentos nos seus sites.

Quanto aos métodos de pagamento mais utilizados nestes sites, durante o período do segundo trimestre de 2013, foram o Paypal, o pagamento à Cobrança e o Cartão de Crédito. No mercado B2B verificou-se o aumento do volume de inquiridos (28%) que considerou que o seu site vai acelerar o ritmo de crescimento das vendas.

Tem um projecto para nós? Vamos falar sobre isso!
Pedir Orçamento Damos resposta rápida e sem compromisso
Pelo telefone? +351 911 004 783 Telma Paiva
We use cookies to provide you with a better service. Carry on browsing if you're happy with this, or view our Privacy & Cookie Policy