• Marketing digital

Parte 2: O que é Inbound Marketing?

20.09.16

O prometido é devido. Hoje vamos dar continuidade ao artigo do tema da semana passada e continuar a falar sobre Inbound Marketing.

Se ainda não teve oportunidade de ler o primeiro artigo, aconselhamos a o ler antes de ler este artigo.

Para implementar o Inbound Marketing na sua empresa deve em primeiro lugar envolver as pessoas responsáveis pela operacionalização desta estratégia de marketing digital. É de extrema importância que todos os intervenientes estejam cientes do valor acrescentado que esta estratégia traz à sua empresa.

Hoje vamos falar das últimas três etapas do Inbound Marketing, recordando: Relacionar, Vender e Analisar.

Relacionar

Depois de conseguirmos converter um visitante, já temos a nossa oportunidade criada para conseguir apresentar os nossos produtos ou serviços por um dos canais mais eficientes e de grande retorno: o email

É através do email que nos relacionamos de uma forma mais “pessoal “ com os nossos clientes e potenciais clientes. Já vamos falar disso mais à frente.

Nem todos os cliente tem potencial para comprar um dos nossos produtos ou serviços. E porque? Bem, é simples, quando olhamos para a jornada de compra, ou seja, para o modelo que é utilizado para definir as etapas do processo de compra, percebemos facilmente que temos clientes em diferentes estados dentro da nossa empresa.

Como é que chegamos às diferentes etapas da jornada de compra? A partir da criação de conteúdos focados nos diversos problemas e estados da compra, atraindo dessa forma mais visitas ao no website e aumentado a possibilidade de conversão.

É aqui que entra o relacionamento do Inbound Marketing através de algumas estratégias que vamos explicar a seguir:

Email Marketing

Este canal de comunicação tem evoluído bastante ao longo dos últimos anos e se a sua empresa realizar um bom trabalho de marketing digital vai conseguir obter bons resultados.

Através da segmentação das leads, é possível identificar os interesses dos seus potenciais clientes e enviar-lhes emails com mensagens que são relevantes para ele.

Os dois tipos de emails mais comuns são:

Promocional

Trata-se de emails em que o objectivo é promover uma ou mais ofertas

Newsletter

Trata-se de um email com uma periodicidade com artigos e ofertas que correspondem a diferentes etapas da jornada de compra, sejam elas ofertas directas ou indirectas.

Atenção que quando estamos a falar de email e Marketing é fundamental não esquecer a segmentação. Tenha em mente que o seu principal objectivo é conseguir os mesmos resultados com menos emails.

Automatização Marketing

A automatização do marketing permite criar uma estrutura de leads mais qualificadas, que podem ser trabalhadas de uma forma mais inteligente e escalável, isto quando temos em consideração os interesses dos nossos clientes e o momento da jornada de compra.

No que diz respeito ao relacionamento, o email é o melhor canal de comunicação, principalmente no B2B.

Quais são os benefícios da automatização:

  • Aumentar as vendas
  • Fidelização de clientes é mais eficiente
  • Diminui o custo de aquisição de clientes

Vender

Todo o trabalho desenvolvido nas etapas anteriores tem como principal objectivo gerar mais oportunidades de negócios para empresa.

Em alguns deles este processo de compra acontece dentro do website e em outros é necessário o contacto com o departamento comercial.

De maneira geral, quanto mais complexo é o produto mais complexo é o processo de venda.

Este vai exigir um maior aconselhamento para que o cliente realize uma compra. É aqui que o inbound marketing vai fazer toda a diferença porque o conteúdo é criado com base na jornada de compra diminuindo o esforço comercial para fechar a venda.

As vendas já não são o que eram à uns anos atrás. Hoje as empresas lutam por alcançar pequenas cotas de mercado.

Analisar

No marketing digital a sua empresa pode avaliar com precisão todos os resultados das suas acções e verificar o retorno dos seus investimentos com base em factos.

Esta é uma das grandes diferenças entre o Marketing Digital e o Marketing tradicional (não era focado no cliente, nem nos seus interesses).

Voltamos a referir, é possível medir todas as acções realizadas que ocorrem no seu website, como por exemplo, as suas campanhas de publicidade online.

Esta é uma das grandes vantagens do marketing digital porque torna o trabalho da sua empresa muito mais simples.

Existem muitas ferramentas de análise que podem ajudar na medição de resultados desta metodologia e não só. Vamos dar-lhe alguns exemplos:

Web Analytics:

Ferramenta do Google (Google analytics) que lhe permite analisar todas as visitas e comportamentos realizados no seu website

Redes Sociais

Todas as redes sociais tem o seu sistema de análise integrado que pode utilizar para perceber a notoriedade da sua marca nas diferentes redes sociais.

Além disso, também existem plataformas open source que lhe dão uma perspectiva mais ampla e mensurável dos resultados como por exemplo socialbakers ou hootsuite.

Publicidade Online

O google adwords é a melhor ferramenta de publicidade online e integrada com o google analytics disponibiliza a sua empresa todas as análises que necessita de saber sobre o investimento/retorno.

O inbound Marketing é vantajoso e permite às empresas conquistarem mais clientes, mas não faz milagres, como qualquer estratégia de marketing esta também requer o seu tempo para gerar frutos. Pense a médio e longo prazo e não no momento.

Caso tenha ficado com alguma dúvida pode sempre enviar-nos um email para blog@livetech.pt e falar com um dos nossos profissionais de marketing.

Tem um projecto para nós? Vamos falar sobre isso!
Agendar Reunião Damos resposta rápida e sem compromisso
Pelo telefone? +351 911 004 783 Bruno Oliveira
We use cookies to provide you with a better service. Carry on browsing if you're happy with this, or view our Privacy & Cookie Policy