• Marketing digital

7 dicas para conhecer melhor o seu Cliente

Odete Silva 23.11.20 Classificação Excelente Bom Satisfatório Insatisfatório Sem utilidade

Um passo importante na estratégia de uma empresa é conhecer o perfil do seu público-alvo. Sem compreender quem é o seu consumidor, qualquer estratégia que a empresa possa implementar poderá falhar. 

Um plano de marketing deverá ter como base quem é o público-alvo, para quem estamos a comunicar, quem irá seguir a nossa marca e adquirir os nossos produtos. Só assim, será possível delinear uma estratégia.

Um consumidor só segue uma marca se identificar-se com a mesma. Não basta apenas identificar a faixa etária ou género. É necessário compreender os seus hábitos, comportamentos, o seu historial de consumo, entre outros factores. Ao delinear todos os factores poderá criar conteúdo especifico para o seu público-alvo.

"91% dos consumidores de hoje preferem marcas que oferecem conteúdo que as enriqueçam"

Então vamos às nossas 7 dicas para conhecer melhor o seu cliente

1 - Integração com o Google Analytics 

O seu website ou Loja online deverá estar integrado com o Google Analytics. O Analytics é uma ferramenta que lhe fornece vários dados de quem visita o seu site. Tal como dados comportamentais, demográficos e sociais. 

Além disso, consegue identificar quais os canais que levam o cliente a chegar ao seu website, pelas redes sociais, por pesquisa no Google, acesso directo ou outros canais. 

Consegue consultar o histórico de visitas ao seu website, quais as páginas mais visitadas e ainda a taxa de rejeição.

Com esta ferramenta já pode identificar o género, faixa etária, quais os canais que os potenciais clientes se encontram, quais as zonas do país (ou países) que o visitam, que produtos ou serviços procuram mais no seu website.

2 - Converse com os seus clientes

Nada melhor para conhecer o seu público-alvo do que falar com ele. Procure obter respostas sobre a experiência do seu website ou Loja Online; a experiência de compra; a opinião de produtos, serviços e da marca; sugestões sobre a marca ou melhorias, entre outros exemplos. 

Pode questionar os seus clientes ou potenciais clientes por diferentes canais:

  • envio de questionários por email,
  • com as redes sociais, 
  • na solicitação de um review (opinião) após a compra,
  • estudos de mercado,
  • chamadas telefónicas por call center,
  • através de passatempos em meios digitais e físicos,
  • se possuir uma loja física, abordar os clientes com questões directas e simples.

No final, poderá delinear o que os clientes procuram na sua marca e produtos ou serviços. E como apresentar uma comunicação direccionada nas suas expectativas e nos valores da marca.

3 - Reviews dos produtos

Comprar online ainda continua a ser com alguma desconfiança. O principal problema de uma marca é dar segurança ao consumidor. E dado a essa desconfiança, cerca de 90% dos consumidores procuram informações sobre a marca e produtos online. Infelizmente uma avaliação negativa tem um peso enorme.

Peça a opinião aos seus clientes após a compra. Envie email automático a solicitar a sua opinião. Se é uma empresa de serviços, prepare um pequeno questionário online muito simples para o seu cliente dar opinião. Adira a plataformas para que os seus clientes o possam avaliar. Existe várias consoante a área, na restauração e turismo existe algumas.

procure compreender as avaliações negativas e ouça os clientes, procure dar solução e não ignore os comentários negativos, será uma bola de neve sempre a crescer. Mostre aos seus clientes que está disponível, que os ouve e procura resolver todos os inconvenientes. Transforme uma avaliação negativa num aliado. Desta forma também está a ouvir os seus clientes e a conhecer o que procuram nos seus produtos ou serviços.

4 - Marketing Experimental

Envolva o público com a sua marca. Crie experiências memoráveis com os clientes e acrescente valor à sua marca. Estas experiências permite-lhe perceber o comportamento do seu cliente e a adesão com a marca e os seus  produtos e serviços.

As experiências podem ser variadas, deixe a sua equipa de Marketing trabalhar. Mas tenha em atenção, uma experiência que possa ter vivido com uma marca, pode não se aplicar à sua. Pense sempre no seu público-alvo.

Analise o impacto das experiências criadas e avalie o tipo de público-alvo que aderiu ou não, como se comportaram, o que procuravam junto da sua marca.

5 - Oferta de descontos exclusivos

A oferta de descontos permite criar uma maior fidelização com o cliente e dar oportunidade a potenciais clientes a conhecer a sua marca.

Os consumidores procuram sempre descontos e ofertas, uma guerra entre marcar para agarrar os consumidores. Mas antes de definir um desconto ou oferta, avalie se a sua marca se enquadra nesse tipo de campanhas. Se o seu público-alvo tem um perfil de maior poder de compra, não ofereça descontos só porque acha que o deve fazer. Crie descontos e ofertas mais exclusivas, para agradecer o seu cliente. Poderá ser a oferta de um miminho com as compras, sejam online ou offline, para o relembrar que não se esquece dele, e ele também é importante.

Deverá analisar os descontos emitidos e a adesão aos mesmos. por exemplo, se a sua loja online emitir um voucher após uma compra, valide o número de vouchers emitidos e o número de vouchers usados. Pode-lhe dizer muita coisa sobre o seu consumidor e também sobre a sua loja.

6 - Passatempos nas redes sociais

Crie passatempos que incentivam a partilha de conteúdo sobre a sua marca e produtos. Deve ter em atenção as regras na criação de passatempos, consulte o nosso artigo. Mais uma vez, valide a posição da sua marca e do seu público-alvo para compreender se este tipo de passatempos  fazem sentido. Muitas vezes, podem ser mal recebidos pelo público-alvo. Crie passatempos mais arrojados e não peça para gostarem da página, ou identificar amigos. Se o público gostar do seu passatempo irá seguir a sua página e naturalmente irá recomendar aos seus amigos e familiares. 

Peça ao seu público para falar sobre a marca, com uma questão, ou para descrever algo, e solicite para usar uma #hastag. Desta forma a sua marca tem “buzz” nas redes sociais e está gerar conteúdo.

Este tipo de passatempos permite-lhe conhecer o perfil do seu público-alvo, como se comportam no digital, que informação partilham e que canais utilizam.

7 - Monitorize os resultados das redes sociais

Publicar nas redes sociais não é só depositar conteúdo. Criar um Plano de Conteúdos das redes sociais vai mais longe que definir quantas publicações semanais a fazer. 

Analisar as estatísticas e outros dados das redes sociais permite compreender onde está o seu público-alvo, quando está mais atento às suas publicações, e como interage com a marca.

Não adianta publicar em todas as redes sociais que possam existir, analise quais as redes sociais que deve comunicar e valide se o seu público-alvo acompanha-o nesses canais. Se uma rede social não consegue seguidores, ou qualquer interacção, poderá não ser a melhor rede social a comunicar. Ou então, não está a apostar nos conteúdos certos.

Analise quando o seu público-alvo interage com as suas páginas, desta forma poderá apresentar conteúdos nos momentos certos.

Por fim, a interacção do seu público-alvo também é importante. Compreender que tipo de conteúdos procuram na sua marca.

Compreender o seu público-alvo permite identificar quais as redes sociais a apostar, o tipo de conteúdo a publicar e quando.

Consulte o nosso artigo sobre Como Fidelizar um cliente para criar uma estratégia mais reforçada para a sua marca.

 

A Livetech possui uma equipa de Marketing com grandes ideias e experiência para o ajudar a conhecer o seu público-alvo. Fale connosco e descubra a oitava dica.

Tem um projecto para nós? Vamos falar sobre isso!
Pedir Orçamento Damos resposta rápida e sem compromisso
Pelo telefone? +351 913 447 690 Diana Cunha